Week #3 – 2019

E nhái? Como foi a semana de vocês? A minha foi paradíssima, e ficou ainda mais parada quando terminei de assistir The Handmaid´s Tale e Big Little Lies. Que tristeza não ter mais séries para assistir depois do almoço. Então busquei novas formas de preencher o meu dia, fui ver os novos conteúdos da Netflix e fazer uso do meu Telecine.😜

sorry not sorry GIF by chescaleigh

Netflix & Chill Forever

E separei algumas coisas novas para ver nesse meio tempo onde o café da manhã tem um overlapse com almoço e o almoço com a hora da merenda, e nesse meio tempo tiro um tempo para o Nike Trainning do dia, limpar a casa, dar atenção aos meus dogs, ficar rolando o Instagram para cima e para baixo, dar uns pitacos no Twitter, ver uns vídeos novos no You Tube, nem tão novos porque eu tô apaixonada pelo The Weekend com uns três anos de atraso, e ainda sim consegui assistir a:

Ordem na Casa com Marie Kondo 

É bacaninha porém o mais do mesmo do que vemos nesses programas de acumuladores e aquele do GNT. Eu sei que ela tem o método dela e tals mas como eu sou uma mistura de Marie Kondo com Monica Geller não vi nada de diferente que eu já faça, exceto sentar para meditar antes de arrumar a casa e agradecer a roupa enquanto estou dobrando minhas brusinhas. Se você for bagunçado mesmo vai que é tua, altos ensinamentos de organização que ajudam e muito o cotidiano.  ❤❤

 

Sex Education 

Acho que não vejo algo realmente engraçado desde a saudosa Chewing Gum. Tirem as crianças da sala, Sex Education é uma afronta a família tradicional de todos os cantos do mundo por tratar a sexualidade como algo normal (o que de fato é) e que com aconselhamento só tem a melhorar. Otis é o personagem principal, ele é filho de uma terapeuta sexual, e mesmo sendo altamente analisado tem suas fobias adolescentes. Ele é amigo de Eric e os dois vivem no submundo de Moordale, a escola onde estudam, por não serem cool. Ao ajudar o valentão Adam, Otis se vê dando conselhos sexuais e terapêuticos que acabam por ajudar o cara. Ao perceber isso, a rebelde Maeve, vê um oportunidade de ganhar uns trocados dando conselhos aos atrapalhados colegas do colégio. E em cada episódio são tratados temas sérios sobre pressão sexual, pressão psicológica, relacionamentos héteros e homossexuais, aceitação do corpo, nudez, stalkers entre outras coisas que não são muito diferentes do que os adultos vivem. É uma série muito boa, com uma estética moderna e cool meio anos 70/80 e uma ótima trilha sonora. Altamente recomendado! ❤❤❤❤❤

Semana que vem eu volto com mais dicas de filmes e séries porque ultimamente é o que eu tenho feito da vida até que eu arranje um novo trabalho, aí eu deixo vocês em paz. 😁

Vídeos: reprodução

Phototastic-16_04_2016_77986de3-a002-4aab-ac8c-09759705a6c5(1)

 

 

Week #1 & #2 Feliz 2019!

Bem vindos a segunda temporada de Chez Erika, uma série dos dias da minha vida. Quem me acompanhou em 2018 vai ter que me aguentar (ou não) esse ano também. Ontem estava lembrando da versão 1.0 do blog e me bateu um arrependimento tão grande de ter deletado, que se vivo estivesse comemoraria 12 anos de existência. #RIP

Os blogs perderam muita audiência com o Instagram mas quem bloga desde os primórdios sabe que os blogs eram usados mais como diário do que como plataforma comercial. Então, mantenho o Chez Erika para falar das coisas que gosto muito sem ficar enchendo o ouvido dos outros com as minhas abobrinhas. Então, vamos lá 2019!

6cd3a79117d88e15ac2285a578255703

O ano novo começou na mesma rotina desde que sai do emprego, então nada de muito novo exceto de como Handmaid´s Tale (O Conto da Aia) mudou a minha vida na última semana. Desde Orphan Black eu não fico viciada de verdade e viajando na maionese no que pode vir acontecer. Claro, eu poderia ter comprado o livro, mas prefiro esperar até Abril e rever minha amada June, o misterioso e sexy Nick Blaine. Confesso que fiquei com meio com medo porque Gilead é um futuro não muito distante do que a direita conservadora quer fazer com o mundo mas é lindo como as mulheres da série encontram forças para prosseguir e lutar, mesmo oprimidas pelo patriarcado. É uma série para refletir a hipocrisia que o mundo vive e propaga há séculos. Alguns episódios são nojentos e revoltantes mas o contexto é tão bem escrito e produzido que minha nossa senhora, eu tô apaixonada. #nolitetecarborundorum

Depois que terminei o Handmaid´s Tale fui parar em Sharp Objects. Essa série é muito boa porque o Sherlock Holmes que habita em mim, saúda o Watson que habita em você. A Amy Adams tá ótima, a Patricia Clarkson mereceu muito o Golden Globe desse ano. Como eu assisto junto com a minha amiga Sukie pelo whatsapp lá pelo 5° episódio já tínhamos uma ideia de quem poderia ser o assassino. Acertamos no resultado mas o season finale foi espetacular! #trustnobitch 

E para finalizar o post de ano novo minhas resoluções desse ano são:

  1. Achar um emprego, é claro.
  2. Ser mais disciplinada em tudo na minha vida.
  3. Usar todos os meus produtos de beleza sem comprar novos antes que acabem.
  4. Ler um livro por mês e até dois ao mesmo tempo se me der vontade.
  5. (Tentar) Tirar minha habilitação (de novo).
  6. Emagrecer os quilos que eu tenho a mais, é obvio.

Lembrado que resoluções não são promessas, algumas já coloquei em prática me organizando melhor com as coisas, com as pessoas e até agora já emagreci 3 kgs, estou procurando emprego mas o emprego não me acha, estou com a leitura em dia e seguindo meu plano de conquistar o mundo, mas antes vou aproveitar para atualizar as temporadas de American Horror Story,  assistir Big Little Lies e tentar não bugar com WestWorld porque vou ver desde o começo (de novo).

Nós vemos na semana que vem! 😎

Phototastic-16_04_2016_77986de3-a002-4aab-ac8c-09759705a6c5(1)

 

 

 

 

 

 

 

Week 52 – Good Bye 2018!

Escrevendo sobre o final de 2018 com 10 dias de atraso…😂

Espero que o final de ano tenha sido maravilhoso para todos nós. Aqui em casa não somos de sair, então ficamos arrumados para ficar na sala mesmo e tá bom demais. Esse ano tive a sensação que o Natal já foi mais animado, ou melhor, mais festejado. Talvez por eu estar em casa direto e não ter visto muito o movimento nas ruas eu tenha ficado com essa impressão. Mas ainda sim, não tive muita vontade de sair para comprar presentes então se as pessoas estavam se matando nas lojas, graças a Deus passei longe.

Natal dos Fonseca da Silva e doguinhos lindos ❤🎅

O Ano Novo também foi tranquilaço. Em casa ficamos, em casa festejamos. Meu vizinho ryco todos os anos faz uma queima de fogos respeitável aqui na rua e podemos festejar a entrada no novo ano com os vizinhos. O mais legal aqui de onde eu moro é que a galera é zero fucks e ninguém tá nem aí para roupa e festa e tals. Cada um abre sua porta e confraterniza do seu jeito, se abraça, dá tchau e volta cada um para sua casa! #thishowweroll

Réveillon na rua! 🎇

E assim encerrei 2018 que em resumo foi um ano bom. Refletindo o que vive nos últimos 365 dias eu fiz o que eu queria, fiz uma grande amizade, desfiz várias amizades, mantive os meus amigos irmãos sempre por perto e aprendi a não me justificar muito pelas minhas escolhas, seja para pessoas próximas ou para sociedade. É como Gaga um dia nos ensinou:

@chkiara Bad Romance-Lady Gaga

2019 Mood! 😊

Que 2019 as nossas resoluções sejam postas em prática como por exemplo a minha que já deu errado no 4° dia do ano. Eu fiquei gripada com a garganta inflamada e no 6° dia, eu amanheci com uma espinha amarela bem bonita no queixo e não fui para aula de crossfit. Sim, minha meta era fazer exercícios nos 365 dias do ano, mas tive que realinhar a meta por que a vida me obrigou. #ALOKA Sendo que estou em casa e ajudo minha mãe com as coisas da casa, isso já conta como atividade física. E olha que nesses primeiros 10 dias do ano eu já perdi 3 kgs, acredite se quiser! 😁😜

working out the mindy project GIF by HULU

Eu depois de 45 minutos de Nike Trainning antes de postar o Ta Pago!😜

Enfim, as resolução vamos falar nas novas fornadas quentinhas da minha vida em 2019. Vou continuar com o Projeto Week tendo em vista que fazer diários em papel já não me apetecem mais e tomam muito espaço. Então, me aguentem e Feliz 2019!  ❤

Phototastic-16_04_2016_77986de3-a002-4aab-ac8c-09759705a6c5(1)