Week #3 – 2019

E nhái? Como foi a semana de vocês? A minha foi paradíssima, e ficou ainda mais parada quando terminei de assistir The Handmaid´s Tale e Big Little Lies. Que tristeza não ter mais séries para assistir depois do almoço. Então busquei novas formas de preencher o meu dia, fui ver os novos conteúdos da Netflix e fazer uso do meu Telecine.😜

sorry not sorry GIF by chescaleigh

Netflix & Chill Forever

E separei algumas coisas novas para ver nesse meio tempo onde o café da manhã tem um overlapse com almoço e o almoço com a hora da merenda, e nesse meio tempo tiro um tempo para o Nike Trainning do dia, limpar a casa, dar atenção aos meus dogs, ficar rolando o Instagram para cima e para baixo, dar uns pitacos no Twitter, ver uns vídeos novos no You Tube, nem tão novos porque eu tô apaixonada pelo The Weekend com uns três anos de atraso, e ainda sim consegui assistir a:

Ordem na Casa com Marie Kondo 

É bacaninha porém o mais do mesmo do que vemos nesses programas de acumuladores e aquele do GNT. Eu sei que ela tem o método dela e tals mas como eu sou uma mistura de Marie Kondo com Monica Geller não vi nada de diferente que eu já faça, exceto sentar para meditar antes de arrumar a casa e agradecer a roupa enquanto estou dobrando minhas brusinhas. Se você for bagunçado mesmo vai que é tua, altos ensinamentos de organização que ajudam e muito o cotidiano.  ❤❤

 

Sex Education 

Acho que não vejo algo realmente engraçado desde a saudosa Chewing Gum. Tirem as crianças da sala, Sex Education é uma afronta a família tradicional de todos os cantos do mundo por tratar a sexualidade como algo normal (o que de fato é) e que com aconselhamento só tem a melhorar. Otis é o personagem principal, ele é filho de uma terapeuta sexual, e mesmo sendo altamente analisado tem suas fobias adolescentes. Ele é amigo de Eric e os dois vivem no submundo de Moordale, a escola onde estudam, por não serem cool. Ao ajudar o valentão Adam, Otis se vê dando conselhos sexuais e terapêuticos que acabam por ajudar o cara. Ao perceber isso, a rebelde Maeve, vê um oportunidade de ganhar uns trocados dando conselhos aos atrapalhados colegas do colégio. E em cada episódio são tratados temas sérios sobre pressão sexual, pressão psicológica, relacionamentos héteros e homossexuais, aceitação do corpo, nudez, stalkers entre outras coisas que não são muito diferentes do que os adultos vivem. É uma série muito boa, com uma estética moderna e cool meio anos 70/80 e uma ótima trilha sonora. Altamente recomendado! ❤❤❤❤❤

Semana que vem eu volto com mais dicas de filmes e séries porque ultimamente é o que eu tenho feito da vida até que eu arranje um novo trabalho, aí eu deixo vocês em paz. 😁

Vídeos: reprodução

Phototastic-16_04_2016_77986de3-a002-4aab-ac8c-09759705a6c5(1)

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.