Alice Headbands 2.0

Vocês já devem ter visto no Instagram as blogueiras com tiaras que parecem um turbante. Um acessório retrô que vem ganhando cada vez mais força nas ruas. Eu criança viada dos anos 90 e fã suprema de Blair Waldorf sempre usei uma travessinha (travessa é como chamamos tiara aqui no meu país Amazonas) e quando vi essa foto corri para procurar a minha!

Tássia Naves sempre afrente nas tendências ❤

As tiras retrôs são um clássico nos anos 60 e depois nos anos 80 até o inicio dos anos 90. Em 2018 fizeram seu comeback nas mãos de Miuccia Prada no desfile de primavera-verão de 2019 da Prada. A estilista que sempre “lança moda” com seus acessórios desejo acertou em cheio. E antes mesmo que as suas lindas peças chegassem as lojas, lá estavam elas nos trends topics dos fashionistas estrangeiros e agora aqui no Brasil.

Prada Read to Wear Spring 2019
Leonnie Hanne fresh do desfile da Prada

As headbands do momento podem ser tanto no estilo turbante ou no estilo puffy (acolchoado) e sempre aveludadas. Como o acessório é chamativo todo o resto pode ser mais neutro, ou não. Uma forma moderna de usar a tiara é combinando com o mesmo tecido da roupa, como Miuccia mostrou em seu desfile.

O acessório já pode ser encontrado nas lojas de bijuterias em Manaus em especial nas lojas do centrão que são bem mais em conta. Eu encontrei as tiaras de turbante, as puffys ainda estou a procura. No Instagram encontrei o Maite Atelier que trabalha sobre encomenda e tem cada peça mais linda que a outra. ❤

Fotos: reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.