The Bat and the Cat

Lembra de um tempo atrás quando todos nós rimos e duvidamos do Robert Pattinson como o Homem Morcego? Pois é né… quem riu ou duvidou vai ter que engolir que o vampirinho tem o seu valor como super herói gótico, ou emo se preferir.

O emo está de volta e querendo ou não, a versão do Matt Reeves já começa com uma Gotham cinza, melancólica, Something in the Way do Nirvana tocando ao fundo e um Batman nas sombras, um Batman exausto. Nessa versão, nosso querido Alfred é um ex agente do MI6 que cuida de um recluso Bruce Wayne. Interpretado pelo amado Andy Serkis, o mordomo tem o tempo de tela suficiente para mostrar que o Príncipe de Gotham ainda é jovem e revolucionário.

Robert Pattinson – The Batman (2022)

Falando em Andy Serkis é impossível não falar de Collin Farell como o Pinguim. Nessa versão mais realista do HQ, Oswald Cobblepot tem um charme à la Roberto de Niro. Eu sei, é presunçoso da minha parte, mas o Farell tá uma obra prima. Assim como Serkis, seu tempo de tela é suficiente pra mostrar que ele tem planos para Gotham e isso não inclui o poderoso chefão, Carmine Falcone, ainda que ele seja o homem por detrás das operações. Com o spin-off do Pinguim confirmada pela HBO Max, em breve saberemos os passos de Cobblepot depois das charadas respondidas pelo Homem Morcego.

Collin Farell – The Batman (2022)

E já que as Charadas foram respondidas, Paul Dano entregou um Charada real, criativo e altamente destruidor. O que eu amo nos filmes da D.C é o foco nos personagens, mais humanizados e na violência de seu atos. Sobre humanizar personagens, vamos ao Morcego e a Gata. Os dois mascarados formam uma dupla dinâmica que nós já vimos em outras versões, mas não com a química entre Pattinson e Zoe Kravitz. A única coisa que eu ainda posso falar é : MIAU!

Zoe Kravitz – The Batman (2022)

O filme tem três horas de duração e passa num piscar de olhos, eu fiquei as duas primeira horas com os olhos grudados na tela. E só percebi depois que um Batmóvel envenenado deu o seu recado. É justamente ali que o Pattinson renova o contrato de crush da geração Crepúsculo e inaugura uma era nova, onde nós nos casamos mentalmente com ele. Sabe o momento do “Avengers Assemble” do Chris Evans? Pois é, é sobre isso.

Deem uma chance pro Pattinson e vocês não vão se arrepender 😉

Fotos /Vídeos : reprodução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.